Sua cozinha e sua vida mais prática, com Vapza!

Você conhece os diferenciais dos alimentos orgânicos?

Postado por Vapza, em 17 Dec 2018 — 16h11

Os orgânicos estão em alta: seja em uma seção à parte no supermercado ou em feiras especializadas, a procura por esses produtos aumenta a cada dia. E esse fenômeno não é à toa, pois os diferenciais dos alimentos orgânicos são interessantes para a saúde e para o planeta.

Quando se fala em alimentação saudável, logo pensamos na quantidade de fibras, vitaminas, gorduras e calorias de um produto. Porém, também precisamos considerar que, muitas vezes, os alimentos recebem aditivos químicos em seu cultivo ou processamento, os quais podem ser prejudiciais ao nosso organismo.

O que são alimentos orgânicos?

Alimentos orgânicos são aqueles produzidos sem o uso de agrotóxicos, adubos químicos, antibióticos, medicamentos veterinários, hormônios ou transgênicos. Além disso, o cultivo desses alimentos é feito em um sistema de sustentabilidade ambiental, social e econômica, de modo a preservar o planeta e valorizar as comunidades rurais.

Com frequência, pensamos que o termo “orgânico” só se refere a frutas, legumes e verduras, mas ele também pode englobar alimentos de origem animal, como carne, leite e ovos, e produtos industrializados (nesse caso, eles devem conter pelo menos 95% de ingredientes orgânicos).

Diferenciais dos alimentos orgânicos

Os fatores que caracterizam um alimento como orgânico são responsáveis por uma série de benefícios tanto para a nossa saúde quanto para o meio em que vivemos. Conheça os principais:

1. Ausência de substâncias nocivas ao organismo

O principal benefício dos alimentos orgânicos para a saúde humana é que eles não contêm resíduos de substâncias como agrotóxicos, fertilizantes químicos, herbicidas e hormônios, que são prejudiciais à nossa saúde.

Dessa forma, reduzem-se os riscos de doenças causadas por esses aditivos, incluindo alergias, problemas hormonais, sobrepeso, distúrbios neurológicos e diversos tipos de câncer.

Além disso, há estudos que demonstram que o consumo de alimentos orgânicos está relacionado a uma maior produção de espermatozoides nos homens e à prevenção da diabetes tipo 2 em adultos.

2. Maior concentração de nutrientes e antioxidantes

Algumas pesquisas sugerem que os alimentos orgânicos apresentam um teor mais elevado de vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes em comparação aos produtos convencionais. Dessa forma, os orgânicos seriam opções mais interessantes para suprir as nossas necessidades e para a prevenção de doenças como inflamações, câncer e problemas cardiovasculares.

Uma das hipóteses para explicar esse fenômeno é que, na ausência dos aditivos químicos, as plantas orgânicas precisam produzir mais substâncias para se defender de ameaças como microrganismos, insetos e temperaturas excessivas.

Outra explicação possível é que o conteúdo nutricional dos alimentos convencionais é prejudicado pelo uso dos fertilizantes artificiais. Esses produtos aceleram o desenvolvimento das plantas, que chegam a um tamanho maior em menos tempo devido a um maior conteúdo de água, o que dilui seus nutrientes.

3. Preservação do meio ambiente

Por dispensar o uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos, o cultivo de alimentos orgânicos evita a contaminação do solo e das águas com resíduos prejudiciais – uma vantagem que se aplica tanto ao local de produção quanto a regiões mais distantes, pois essas substâncias poderiam ser carregadas pelas chuvas.

Além disso, a ausência desses produtos contaminantes ajuda a promover a biodiversidade, permitindo a preservação de seres como insetos, pássaros e outros animais típicos do local de cultivo.

4. Conservação do solo

Para impedir a disseminação de pragas e doenças sem o uso de pesticidas, herbicidas e outras substâncias químicas, o sistema de cultivo orgânico utiliza técnicas como o rodízio de culturas, a diversificação de espécies em um mesmo talhão e o uso de plantas variadas como contorno da plantação – que também têm função de quebra-vento e de prevenção à erosão do solo.

Além disso, a produção de alimentos orgânicos utiliza métodos como o plantio direto (fazer o novo cultivo em cima dos resíduos da plantação anterior, sem o uso de trator) e a adubação verde (cultivo de outras plantas, geralmente leguminosas, simultânea ou alternadamente à plantação principal). Essas técnicas também protegem contra pragas, doenças e erosão, além de enriquecer o solo ao adicionar mais nutrientes à sua composição.

5. Melhor tratamento aos animais

Produtos como carnes, queijos, leite, ovos e manteiga também podem ser considerados orgânicos. Para isso, devem ser adotadas práticas de produção que promovam o bem-estar dos animais, como a criação em ambientes espaçosos (e não em confinamentos), alimentação orgânica e redução do uso de hormônios e antibióticos.

6. Melhoria das condições dos produtores rurais

O cultivo de alimentos orgânicos demanda mais mão de obra, o que gera mais empregos e aumenta a renda da população rural. Além disso, embora produtos como café e cana-de-açúcar possam ser produzidos em grande escala, a maior parte dos orgânicos é proveniente de pequenas plantações, contribuindo para o bem-estar econômico e social das famílias produtoras.

Outra vantagem para os trabalhadores agrícolas é que sua saúde também é preservada pela não utilização de insumos tóxicos, evitando que eles contaminem seu organismo ao ser inalados ou entrar em contato com a pele.

A praticidade dos orgânicos da Vapza

Apesar de todos os benefícios que os alimentos orgânicos proporcionam à nossa saúde, eles apresentam duas desvantagens. A primeira delas é que há um risco maior de contaminação por microrganismos, justamente porque os orgânicos não contêm pesticidas, e a segunda é que nem sempre esses alimentos são facilmente encontrados nas feiras e supermercados.

Contudo, temos uma excelente notícia: é possível contornar esses obstáculos com a ajuda da linha Orgânicos da Vapza! Essa linha conta com produtos como arroz integral, feijão carioca, preto e fradinho, quinoa, soja, mix 7 grãos e peito de frango, que passam por um processo de cozimento a vapor e esterilização na própria embalagem fechada a vácuo.

Dessa forma, eliminam-se os riscos de contaminação ao mesmo tempo em que os alimentos permanecem frescos e saborosos por muito mais tempo, inclusive dispensando a refrigeração.

Além disso, você pode adquirir todos os produtos da Vapza pela nossa loja online, recebendo sua encomenda no endereço de sua preferência. Assim, você consegue aliar todos os diferenciais dos alimentos orgânicos com a praticidade de ter produtos saudáveis e frescos sempre à mão.

Fonte(s): Ministério da Agricultura [1] e [2]Organics NetYoublisher e Mundo Boa Forma

Conheça nossas Linhas de Produtos